A criação de pombos de raça e pombos exóticos

Voltar
6 de agosto de 2012 | Sem Comentários

aves de raça e exóticas Cada vez mais os animais exóticos estão sendo criados como animais de estimação, em casas, chácaras e apartamentos. Existe todo um mercado que movimento a venda e a criação de animais silvestres. Muitas aves e pequenos mamíferos são comercializados dessa forma. Inclusive, um animal que causa arrepio em muita gente: os pombos!

Vale lembrar que, assim como todo bicho de estimação, aves também devem ser adotadas com responsabilidade. Além disso, para animais exóticos, é importante comprar com certificado do Ibama, evitando assim, o comércio ilegal, que mata muitos animais ao redor do mundo.

Adotar pombos?

São diversas as raças de pombos exóticos criados e vendidos para criação. As aves são belíssimas, e são relativamente mais fáceis de criar e cuidar como animais de estimação que outras aves mais raras. Precisam apenas ficar em gaiolas espaçosas e receber comida, luz solar e água.

Pombos brancos são os preferidos por quem quer criar o animal. Algumas raças são: Belga, Lahore, Show Hommer, Papo de veto inglês, Capucchino, Romano, Guine, entre outras.

Por que o pombo pode ser considerado uma ave exótica?

No caso dos pombos, diferentemente das araras, periquitos e outras aves, são denominadas “exóticos” por serem importados de outros países. Aves locais, no caso brasileiras, são chamadas de silvestres, e as exóticas são as raças que inicialmente não eram encontradas por aqui, como é o caso dos pombos belgas e dos pombos romanos.

Como cuidar de um pombo em casa?

Para cuidar destes animais, diversos fatores devem ser analisados. Em primeiro lugar está a alimentação dos pombos. Deve ser adequada, tanto na qualidade – pombos tendem a aceitar qualquer tipo de alimento, o que não significa que faz bem para os mesmos – quanto na quantidade.

Se receberem alimentos em quantidade excessivamente alta, não conseguem se movimentar com facilidade e podem ter diversos problemas de saúde. Se a quantidade for pequena demais, naturalmente ficarão fracos, podendo até morrer. Por isso, vale se informar sobre a raça desejada para criar com responsabilidade.

Em segundo lugar, é necessário tomar cuidado com o frio e vento, pois no geral, aves não estão preparadas para enfrenta-los. Os pombos belgas são um pouco mais resistentes a este cenário, tanto que possuem muitas penas para esquentá-los, mas ainda assim é importante ter um cuidado para manter esses animais aquecidos.

Finalmente, é fundamental que os animais possuam espaço para que não fiquem estressados.

Compartilhe com seus amigos este conteúdo

Comentários:

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nenhum comentário ainda.